Ocaso de verão

Uma verdade sobre amar quem não merece. Quando você se ama no outro e esquece de se amar, e quando se dá conta, você se auto-destruiu por alguém que nem valia a pena.

LeR POEMA

A palavra criou o universo em seis dias e no sétimo, usou as mãos de sua criação

Quem diria que eu existiria. Uma história meio bagunçada, de começo incerto, do percurso curto, da juventude corrida e da poesia sempre me salvando como jamais ninguém poderia. Poesia, seja o que você for, foi você que me abraçou quando estava milhares de quilômetros longe do meu tudo, que entendeu minha ausência de palavras em…

Read more A palavra criou o universo em seis dias e no sétimo, usou as mãos de sua criação

Jogo das sombras

Lembro de ver nosso abraço projetado naquela parede. Suas mãos embalando meu corpo e minha alma. As mesmas mãos que mais tarde esquartejariam o meu coração.

ler poema

Cantiga de pedras

Às vezes quero me fazer livre da lógica, da métrica, do sentido propriamente dito das coisas. Eu quero viver, e eu quero escrever sem regras, rir das palavras estúpidas que brotam na cabeça…

ler poema

Cidade de Deus

Tenho saudades do Brasil. Do cheiro de café de manhã, de ver pessoas conversando na rua e dizendo oi! Saudade do calor humano e do sol. Este poema tem um pouco da minha cidade natal, Bandeira do Sul, e de tudo o que traz nostalgia.

Ler poema

O último pôr do sol

A brevidade do ser. Um pouco do que os olhos veem fica como um rascunho pálido na memória. Mas o que acontece com o resto dos nossos dias, ou com a ideia de que somos meros mortais e orgânicos?

ler poema