Profano

Um poema quase +18 sobre o que o corpo sente, o desejo e a sedução.

Minha língua
quer experimentar cada parte
do seu corpo delicioso
desde as maçãs do seu rosto lindo
até sentir as temperaturas infernais dentro de você.

Me deixando louco,
latejando de tesão,
selvagem.

Adoro te tocar,
e sentir como te excita,
gritando de prazer
minha Lótus Inflamável

te encarar com olhos “cor-de-fogo”
te morder, suspirar em seu ouvido
seu cheiro gostoso, que me deixa faminto

testosterona
escorrendo
em cada gota de suor

e meus dedos deixando sinais
em suas costas, em suas lindas nádegas
como se fossem brasas
esboçando ardentemente todos os desejos
como se fossem as últimas gotas de um Licor Profano

e arrepiando juntos completamente,
como se nossos corpos se tornassem um
querendo mais
mais forte
mais fundo

Luxúria.
Fomos um do outro,
e nós, de mais ninguém

Orgasmos múltiplos

Sem categoria

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: