Category: Poemas insanos

Jogo das sombras

Lembro de ver nosso abraço projetado naquela parede. Suas mãos embalando meu corpo e minha alma. As mesmas mãos que mais tarde esquartejariam o meu coração.

ler poema

Ego

Um pequeno lembrete de que tudo está maravilhosamente bem com ou sem a significância que atribuímos a nós mesmos.

LER POEMA

Ocaso de verão

Uma verdade sobre amar quem não merece. Quando você se ama no outro e esquece de se amar, e quando se dá conta, você se auto-destruiu por alguém que nem valia a pena.

LeR POEMA

Cornucópia

Poema pós sexo, no ônibus de volta pra casa. Não desses que seu coração quase para perto de um orgasmo e prazer. Mas um poema quase diabólico sobre uma sensação de assexualidade, de se sentir sujo e usado.

Ler poema

Sociopata

A dualidade sempre foi parte de mim, desde o berço, do signo e da história. Minha frenesia e um olhar para um estranho no espelho me fez compor com brutalidade estas linhas

Ler poema